Skip to main content

Menos planejamento e mais ação

 

Quantas vezes planejamos, idealizamos, mas não concretizamos? Como fazer então para planejar menos e agir mais?

 

Eu tenho falado aqui nesse canal da importância do planejamento. De se ter metas bem definidas, calculando riscos e sabendo onde se quer chegar. Mas você já percebeu que as vezes nós planejamos, idealizamos, sonhamos, calculamos, mas não realizamos?

 

Muitas coisas nos prendem. Uma delas é o medo.

 

  • Medo de falhar.
  • Medo de ser rejeitado.
  • Medo de ser desprezado.

 

Tudo isso está bem presente na nossa rotina. Como lidar com isso?

 

Uma forma que ajuda é pensar que o medo, na sua concepção inicial, é uma coisa boa! Sim, por ter medo, não nos colocamos em situações de perigo, que podem ser ameaças à nossa vida.

 

Entretanto, existem situações que por mais que o nosso cérebro perceba como um grande perigo, na verdade não são ameaças tão grandes.

A nossa forma de encarar as coisas é que torna algo pequeno muito maior.

E aí, fazer uma pergunta para si mesmo pode ajudar: “o que de pior pode acontecer”? Na grande maioria das vezes você verá que a resposta será: “nada muito grave”. Então isso vai diminuir seu medo e te levar a arriscar.

 

Outra coisa que trava nossa ação é o perfeccionismo.

 

Aguardamos as condições perfeitas para realizar determinado projeto, mas parece que elas demoram a vir. E aí eu te proponho um desafio! Comece a fazer com o que você tem, mesmo que as condições não sejam ideais, mas ao longo da realização você vai aprimorando. Com certeza isso não trará prejuízo ao resultado final.

 

Recentemente ouvi algo de um psicólogo que me chamou muito a atenção! Ele disse que a maioria das pessoas pensa que precisa estar motivada para executar uma tarefa. Se ela não sentir aquele ânimo para fazer essa atividade, fatalmente ficará travada. Mas não é assim que acontece! Ele afirmou que, na verdade, a motivação vem depois da ação. Ou seja, você começa a fazer, mesmo sem ânimo, e ao longo da execução você vai se sentindo motivado. E isso mata todo o perfeccionismo e procrastinação.

 

Bom, conto tudo isso celebrando um fato importante. Hoje iniciamos a turma do nosso curso online de empreendedorismo para veterinários. Pode ser que não tínhamos as condições ideais, mas fomos fazendo. E aprimorando ao longo do tempo.

Com isso, desenvolvemos uma metodologia que está melhor a cada dia e ajuda veterinários a se reencontrarem na carreira, aplicando o empreendedorismo.

Leave a Reply